Arte Estranha

Toda arte, estranha como for

Obras e artistas

Confira nas plataformas digitais algumas das obras publicadas pelo Arte Estranha. Veja nosso catálogo completo aqui. Dê suporte aos artistas. Compre em nossa página do Bandcamp

podcasts

O Silêncio é um Oceano de Sons

O silêncio pode ser entendido como ausência, falta ou fim. Como algo que surge quando se cala; da privação, voluntária ou não, de uma vontade ou manifestação. Por outro lado, também é entendido como algo que emana do movimento das coisas, da dissipação dos conflitos, da percepção de sutilezas, do equilíbrio, do desapego; algo que surge como um (re)começo. Assim, o paradoxo do silêncio: é fim e começo, é agonia e calma, é submissão e protesto; é efêmero e contínuo.

E os sons dos silêncios? A imensidão deste universo sonoro, tão ambíguo e especial, que atravessa as madrugadas, os objetos, os corpos, os pensamentos; que está no outro e está em si mesmo; seja pela quantidade de tipos, seja pelas qualidades das cores, seja pela presença de vida, não pode ser comparada com nada menos que a imensidão de um oceano. Um oceano de sons.

O projeto O Silêncio é um Oceano de Sons tem como propósito apresentar os sons dos silêncios através da interpretação de diferentes artistas. compondo três episódios que são veiculados sob formato de podcasts em programas de rádios e streaming.

Ouça aqui a entrevista na rádio UEL FM

Ouça aqui a entrevista para a rádio web Alma Londrina

performance multimídia

RADICAL CORPO

O nome Radical Corpo vem das possibilidades de formas que um corpo pode assumir – corpo-luz, corpo-som, corpo-paisagem, corpo-tempo – em um mesmo desenvolvimento narrativo. Nesse sentido, o corpo é entendido como intensidade e potência de criação de fluxos que transbordam os limites entre o eu e o outro, explorando a multiplicidade rítmica dos sentidos; um corpo que se deixa atravessar por forças invisíveis que desorganizam suas estruturas; um corpo que modula e que é modulado. São projeções de luz, de imagens, de sons, de dança, que se deformam, se reformam, se transformam, reprogramando seus próprios limites.

O Radical Corpo teve início em meados de 2018 com objetivo de desenvolver processos criativos em um território de convergência de diferentes linguagens de expressão artística. Formado por Camila Fazin (dançarina), Débora Curti (artista visual) e Ricardo Thomasi (músico), o grupo vem desenvolvendo uma poética de performance que transborda a própria materialidade das mídias.


Veja aqui a gravação da performance Incorpóreo (2020)

Coletânea

ESCUTAS//ESCAPES

A escuta, em sua multiplicidade, é singular. Um contínuo de seleções momentâneas muito específicas de quem a aplica sobre as sonoridades, objetos, lugares, tempos, e sobre as próprias condições de ser e de estar. A escuta é uma membrana. De um lado, o tímpano, a pele, a vibração, o cheiro. De outro, as memórias, a linguagem, a imaginação. A escuta é um escape: um canal de convergência de pensamentos, de realidades, de desejos que se sobressaem e são estocados pelo artista em uma certa mídia à espera do reinício deste loop criativo.

Quando ouvido em sequência, o Escutas//Escapes é como um passeio por diferentes escutas; um momento de imersão e de reflexão. O álbum reúne obras de Fátima Carneiro dos Santos, Alexandre Fenerich, Lilian Nakahodo, Janete El Haouli, José Augusto Mannis, Rael B. Gimenes, Lawrence Mayer Malanski, Ricardo Thomasi, Fábio dos Passos Carvalho e Thelmo Cristovam, artistas de grande representatividade na música experimental e profundo comprometimento com este objeto tão caro ao fazer artístico: a escuta.

Eventos artísticos

Desde 2017 o Arte Estranha têm produzido, de forma independente, eventos para difusão de música e arte experimental em diferentes localidades e formatos. Para cada evento pudemos contar com parcerias significativas de pessoas e instituições engajadas com o cenário artístico brasileiro.


Material e ficha técnica (em breve)

2019 - C.O.I.S.A, Corpos, Pontos e Sonoridades Ásperas

2019 - Concerto didático Soundscapes Londrina

2019 - Instalação multimídia Sons da Contemporaneidade

2017 - Conexões 2, Linguagens, Espaços e Temporalidades

Carousel imageCarousel imageInstalação audiovisual, Sons da contemporaneidade, Casa de Cultura Alcídio Regíni, Maringá-PR, jun 2019Carousel imageCarousel image

Faça parte!

Entre em contato pelo e-mail canalarteestranha@gmail.com, seja parceiro, dê suporte ao selo, envie sua demo!

Parceiros

Apoio